Buscar
  • RBCIP

RBCIP participa de Comitê de Biodefesa e Mapeamento Ativo de Doenças Transmissíveis

Atualizado: 27 de set. de 2021

Na noite de ontem (13), o reitor Marcelo Turine presidiu a abertura oficial do Comitê de Biodefesa e Mapeamento Ativo de Doenças Transmissíveis, fruto de um acordo de cooperação entre a UFMS e a Rede Brasileira de Certificação, Pesquisa e Inovação (RBCIP).


A reunião virtual contou com a presença do senador Nelsinho Trad; do presidente da Ebserh (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares), general Oswaldo de Jesus Ferreira; do diretor do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Laurício Monteiro Cruz; do presidente do Conselho de Inovação da RBCIP, Marcos Vinicius da Cruz Coelho, que conduziu a reunião, e diversos pesquisadores que serão membros do comitê oriundos das instituições UnB, UFMS, Ufop, UFGD e ESCS, entre outras.

O reitor da UFMS abriu a reunião destacando o papel inovador e promissor do comitê para juntar esforços de renomados pesquisadores e contribuir para a sociedade brasileira. “É uma honra estar aqui com essa responsabilidade de presidir este comitê, que com certeza fortalecerá as ações em prol da saúde da população”, disse.


O senador Nelsinho Trad foi convidado para acompanhar o lançamento do Comitê por ser médico e parlamentar à frente de projetos para o enfrentamento do coronavírus. “A proposta é da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e da Rede Brasileira de Certificação Inovação e Pesquisa, em ação conjunta com pesquisadores brasileiros. Eles vão trocar experiências sobre os projetos desenvolvidos em universidades públicas do país e promover rapidez e eficiência na investigação de doenças como a Covid e o combate de surtos. Apoio essa iniciativa! O Brasil precisa de investimentos em ciência e tecnologia!”, afirmou.


“No Comitê de Biodefesa e Mapeamento Ativo de Doenças Transmissíveis iremos além de uma agenda regional, abarcaremos todo o território nacional brasileiro em um projeto de Estado, pautado pela ética, pelo ensino, pesquisa, extensão e inovação para o bem da sociedade em especial nesse momento da pandemia da Covid-19”, declarou Marcos Vinícius.


O Comitê foi instituído pela Portaria 1.239, de 22 de março de 2021, e tem a participação da UFMS do diretor da Famed, Marcelo Brandão Vilela; o diretor da Aginova, Saulo Gomes Moreira; o diretor da Agead, Hércules da Costa Sandim, e a gerente de Atenção à saúde do Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian- HUMAP-UFMS/EBSERH, Andréa de Siqueira Campos Lindenberg.


O objetivo do Comitê de Biodefesa e Mapeamento Ativo de Doenças Transmissíveis é viabilizar projetos que fortaleçam as ações dos organismos internacionais, órgãos públicos de educação e saúde nacionais e internacionais, com uma ação integrada que subsidie os protocolos de imunização, identificação, localização, controle e acompanhamento dos locais em atividade e de armazenamento de riscos, além de estudos vinculados à comunicação de agravos. A iniciativa pretende fortalecer o estabelecimento de procedimentos operacionais padrão para treinamento de equipes em diagnósticos, com enfoque em agentes de rápida e ampla disseminação e contaminação ambiental e humana.


Marcos Vinícius explicou que a iniciativa nasceu a partir da assinatura de um Protocolo de Intenções firmado entre a RBCIP e UFMS com o objetivo de promover o desenvolvimento futuro de ações conjuntas de cooperação técnico-científica e o intercâmbio acadêmico, científico, técnico e cultural internacional e interuniversitário, visando a formação, a promoção da educação digital e de políticas de inovação, bem como o desenvolvimento institucional entre a UFMS e a RBCIP.


Além disso, o Presidente da Rede, Prof. Marcelo Estrela Fiche, enfatiza a importância de novas parcerias com a rede, em especial, aquelas destinadas aos aspectos sanitários e educacionais, ambos temas importantes para a linha de pesquisa da RBCIP.


Texto: Rose Pinheiro - https://www.ufms.br/reitor-da-ufms-preside-comite-de-biodefesa-e-mapeamento-ativo-de-doencas-transmissiveis/



50 visualizações0 comentário