top of page

RBCIP fica em 2º Lugar

Atualizado: 27 de set. de 2021

A RBCIP em parceria com a FGV e a SAGRES (Time Carcará) ficou em segundo lugar na concorrida seleção para realizar a cooperação técnica e especializada na gestão do Programa Estratégico do Exército - Sistema de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON (EDITAL DE CHAMAMENTO Nº 001/2020 – COMANDO DE COMUNICAÇÕES E GUERRA ELETRÔNICA DO EXÉRCITO).



O Programa Estratégico do Exército do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Prg EE SISFRON) visa dotar o BRASIL de meios de emprego dual aproveitando a efetiva presença do Exército na Faixa de Fronteira, apoiado em um complexo Sistema de Sensoriamento, Integração, Comando e Controle, Apoio à Decisão e Atuação Estratégica de diversos órgãos da República. Trata-se de um Programa Estratégico, em implantação de acordo com o que prevê a Diretriz publicada na Portaria nº 512-EME, de 11 de dezembro de 2017, que envolvem dois aspectos especialmente considerados em todos os processos de contratação relacionados ao SISFRON: alta complexidade tecnológica e defesa nacional.


O Programa atende, também, à ação estratégica do Exército orientada para a obtenção das capacidades de monitoramento/controle, apoio à decisão e apoio à atuação na fronteira terrestre, com vistas à consecução do objetivo estratégico de “contribuir com o desenvolvimento sustentável e a paz social”.


A primeira colocada foi a Organização Brasileira para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Controle do Espaço Aéreo - CTCEA, referência em estudos, pesquisas e desenvolvimento de tecnologias relacionadas ao controle e segurança do espaço aéreo, aos setores de transporte e mobilidade de pessoas, espacial, defesa nacional e a preservação e proteção do meio ambiente, tendo como público alvo a sociedade brasileira em geral.


O Presidente da RBCIP, prof. Marcelo Fiche, comemorou o fato: "apesar de termos ficado em segundo lugar, é um vitória imensa participar de um edital tão complexos com parceiros de ponta do mercado de pesquisa científica. Nossos associados devem estar muito orgulhos agora!"


137 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page