top of page

Projeto de produção de hidrogênio verde no Porto de Itaguaí

A PortosRio realizou uma reunião na terça-feira (22) com representantes de empresas nacionais e multinacionais que demonstraram interesse no Chamamento Público nº 01/23, visando à implementação de projetos de transição energética no Porto de Itaguaí. O encontro ocorreu no auditório do Porto do Rio de Janeiro e contou também com a participação de membros de institutos de ciência e tecnologia.


A discussão central da reunião se concentrou nas possíveis rotas e na viabilidade de estabelecer fábricas de hidrogênio verde no Porto de Itaguaí, com o objetivo de transformar a região em um cluster, atraindo unidades industriais voltadas para a produção de metanol verde, amônia verde e hidrogênio.


O diretor de Negócios e Sustentabilidade da PortosRio, Eduardo Marinho, abriu a reunião ressaltando a importância do projeto para a Autoridade Portuária. Ele destacou o comprometimento da companhia em fornecer total apoio a esse projeto estratégico tanto para a empresa quanto para o Estado do Rio de Janeiro. O diretor de Gestão Portuária da PortosRio, Ronaldo Fucci também esteve presente na reunião e reforçou a relevância do projeto.

Eduardo Miguez, gerente de Desenvolvimento de Negócios da PortosRio, apresentou os motivos e resultados do chamamento público, além de discutir as vantagens competitivas do Porto de Itaguaí para a implantação dos projetos de transição energética. Ele enfatizou que a iniciativa da PortosRio visa contribuir a curto prazo para a descarbonização da indústria: “O objetivo é agilizar a prospecção e a articulação com os interessados, estimulando a realização de estudos que comprovem a viabilidade de cada rota de produção e incentivando a implementação dos projetos em prazos reduzidos”. Miguez também destacou a disponibilidade de área para a instalação de diversas plantas industriais e uma rede logística adequada para atender ao mercado interno e externo.

Em seguida, Marcelo Fiche, presidente da Rede Brasileira de Certificação, Pesquisa e Inovação (RBCIP), apresentou as rotas viáveis para a produção de hidrogênio verde no Porto de Itaguaí.

O hidrogênio verde é uma variante de hidrogênio produzida por meio de energia renovável para dividir a água em hidrogênio e oxigênio, utilizando um processo chamado eletrólise. Ele também pode ser gerado a partir de biomassa e reforma do etanol, embora haja debates sobre a nomenclatura "verde" para certos modelos de produção. Essa fonte de energia limpa tem o potencial de reduzir as emissões e descarbonizar diversos setores, incluindo transporte, aquecimento e indústria. O hidrogênio pode ser utilizado na fabricação de produtos como amônia, metanol e diesel sintético, com aplicações na indústria química, transporte e navegação.

Interessados em conhecer mais sobre os planos da PortosRio para os projetos de transição energética podem entrar em contato com a Gerência de Desenvolvimento de Negócios através dos e-mails: gerden@portosrio.gov.br e eduardo.miguez@portosrio.gov.br.

Por: ASSCOM

Disponível em: https://www.portosrio.gov.br/pt-br/node/3286

12 visualizações0 comentário

תגובות


bottom of page